terça-feira, 22 de maio de 2012

Concluído o censo dos cães de S. Vicente


Hoje, 22 de Maio de 2023, A SIMABÔ-Associação para a Protecção dos Animais e do Ambiente irá apresentar à delegada do Ministério da Saúde em S. Vicente os resultados do censo dos cães da ilha realizado durante o mês de Maio.

Este é mais um passo na concretização das acções previstas no âmbito do projecto que a SIMABÔ está a desenvolver no sentido de acabar com o problema dos animais vadios na ilha. 
   
O responsável pela concepção do censo e pela sua realização no terreno foi o professor Paolo Tizzani, especialista em recenseamentos e gestão faunística, do Departamento de Produção Animal, Epidemiologia e Ecologia da Universidade de Turim. 

O professor Tizzani trabalhou de 3 a 20 de Maio, em 11 áreas da ilha, sete urbanas e quatro rurais. Recolheu e introduziu numa base de dados informações sobre cães de rua e em residências. Nestes casos, foram também contados os gatos. 

Os dados resultantes desse censo permitirão à SIMABÔ organizar as suas actividades no âmbito do projecto Luta contra os animais vadios na ilha de São Vicente – Projecto piloto para o arquipélago de Cabo Verde, que prevê a castração e desparasitação gratuita de cerca de 10.000 cães em três anos. Este projecto é financiado pela União Europeia e já está a decorrer. 

A entrega dos resultados do censo será feita, na presença de membros da Associação, pelo Dr. Manuel Salvador St.Aubyn Mascarenhas, médico veterinário cabo-verdiano com clínica estabelecida em Portugal, que é um dos parceiros da SIMABÔ, como voluntário, na luta contra o problema dos animais abandonados.

A partir de agora, os animais esterilizados pela SIMABÔ serão identificados com um microchip, a fim de serem protegidos. A entrega do aparelho electrónico para a leitura do microchip será feita à Câmara Municipal, em breve.

Sem comentários:

Enviar um comentário